O Natal de 170 anos atrás...

Trazemos presente da biografia do Padre Luís escrita por Mons. Biasutti, a memória de nossas primeiras irmãs no Natal de 170 anos atrás ... Fazendo com gratidão a “reconhecida memória" desta data, invocamos sobre nós a intercessão de todas as irmãs que já estão no paraíso, para ajudar-nos a sermos generosas e perseverantes em nossa jornada diária de santidade.

Em 25 de dezembro de 1845 dia do Santo Natal, quinze irmãs vestiram o hábito religioso. Destas, oito foram as fundadoras do 01 de fevereiro de 1837 e outras sete, juntaram-se ao grupo de 1837 a 1844.
No mesmo dia, dentre as quinze, onze sem obrigar-se ao compromisso com os votos, propuseram firmemente a observar com todo empenho as três virtudes da pobreza, castidade e obediência. Apesar de não emitirem os votos, aquele 25 de dezembro foi então considerado pelo padre Luís como a data da profissão delas.
Das onze, oito eram “coristas”; Lucia de Giorgio, Caterina Cortelazzis, Margherita Gaspardis, Teresa Fabris, Rosa Molinis, Felicity Calligaris, Giovanna Colloredo e Cristina Borghese; e três as “conversas": Ursula Baldasso, Morassi Madalena e Joana Maria.
Lúcia de Giorgio foi designada superiora "em caráter provisório" e permaneceu até 1848; e Caterina Cortelazzis foi a vice superiora.
O caráter de provisoriedade da superiora é devido ao fato do longo tempo empregado para se constituir a congregação, até então apenas como uma experiência que se sucedeu lindamente. Um fervor multiplicado invadiu o pequeno grupo e cimentou um forte espírito de equipe.
Este resultado feliz pode ser atribuído em grande parte a Padre Scrosoppi que, como já dissemos, estava ocupado o dia todo nas coisas espirituais, para formar as irmãs de acordo com o espírito de Jesus Cristo. E outra boa parte foi da nova superiora, a Irmã Lúcia De Giorgio.


Ler mais ...

Consagradas a Deus por toda a vida

Na casa Mãe de Udine, aos 19 de dezembro de 2015, sete irmãs foram consagradas a Deus para sempre pela profissão perpétua. São elas: Irmã Shanthi, Irmã Paola, Irmã Benedetta, Irmã Ester, Irmã Maria Bambina, Irmã Maria e Irmã Maria Goretti.

Presidiu a celebração, o Arcebispo de Udine Dom Andrea Bruno Mazzocato que assim dirigiu-se as festejadas: "O Friuli tem grande necessidade do dom da vossa virgindade ou seja, do vosso sacrifício do amor por Jesus pelo qual vocês oferecem todo o vosso corpo, os sentimentos, os afetos, os instintos, a inteligência, para que muitas pessoas possam apreciá-los. E quem está enxertado em Cristo assim, dá frutos. Este é o vosso segredo, a força divina do amor de Jesus que vos torna capaz de mudar, vos dá a força para fazer da vida um sacrifício vivo doado aos outros na caridade até a morte sem arrependimento, para sempre”.

E agora nós compartilharemos algumas expressões que brotam dos vossos corações.

" Agora eu sinto que sou uma mulher casada, me acordo de manhã com o pensamento de que o meu esposo está perto de mim. Tu me bastas meu Jesus!" (Irmã Paola)

“Regozijei-me plenamente no Senhor. Agora sou toda sua e me coloco nas suas mãos. Eu me ofereço para sempre a Ele e peço-lhe que abençoe o meu caminho do seguimento." (Irmã Maria)

"Experimentei uma alegria imensa. Com Maria eu cantei o Magnificat, porque Jesus aceitou esta humilde serva como sua esposa. Estou certa de que Ele vive em mim e eu nele." (Sr. Shanti)

"Digo graças à misericórdia de Deus, porque ele fez grandes coisas em mim, ele me criou para amá-lo e me ama com um amor eterno. Amarei a todos os irmãos com a ternura de Jesus." (Irmã Maria Goretti)

"Eu sinto uma imensa e verdadeira alegria, sou para sempre esposa de Jesus, que desceu até a mim só para esposar-me. Eu gostaria dizer o meu agradecimento a todas as irmãs da Família Religiosa, por ter nos acolhido de braços abertos e nos acompanhado com a oração.” (Irmã Maria Bambina)

"Obrigada Jesus pelo seu chamado de amor que me enche de alegria. Obrigada a toda a Família Religiosa. Quero ser um testemunho do amor em todos os dias da minha vida." (Irmã Ester)

"Eu decidi livremente que seguirei o meu esposo Jesus até o fim da minha vida. Eu me senti fortalecida graças às orações de todas as irmãs, também aquelas que já estão no paraíso." (Irmã Benedetta)

Invoquemos sobre cada uma destas irmãs, a benção de Maria mãe da Providência e do nosso Padre São Luís, para que eles as guardem na fidelidade quotidiana e as sustentem no caminho.

Ler mais ...

Brasil, Uruguai, Índia: novas postulantes


No dia 01 de fevereiro de 1837 nove jovens de Udine decidiram estabelecer-se definitivamente na pequena casa de Borgo Ronchi em Udine, a fim de estarem totalmente disponíveis para as meninas pobres, as abandonadas da sociedade, lá cuidadosamente acolhidas e amorosamente cuidadas. A esta generosa escolha que marca o nascimento da Congregação, seguiu-se uma longa fila de irmãs que, nas várias partes do mundo, continuam a amar e servir Jesus Cristo na pessoa dos irmãos pobres e necessitados.

E assim, 179 anos depois, em 01 de fevereiro de 2016 quatro jovens; Sheron da Uruguai, Tanielli e Aline da Brasil, Daphilin Mary da Índia pediram para iniciar o postulado, o primeiro passo do caminho formativo para aprender o que significa viver para Cristo e para os irmãos no espírito das Irmãs da Providência.

A nossa "gratidão" a Deus, bom e misericordioso, pela gloriosa história passada que podemos contar e por aquela futura que Ele mesmo nos concederá de viver e testemunhar.
Ler mais ...

Um encontro especial na Diocese de Bragança Paulista

Aconteceu no dia 11 de novembro o V encontro de coroinhas e acólitos da Diocese Bragança Paulista, onde nós Irmãs da Providência da comunidade de Atibaia fazemos parte.
As junioristas que participam do SAV Diocesano (Serviço de Animação Vocacional) colaboraram neste evento que reuniu mais de 1.200 coroinhas e acólitos de toda Diocese, juntamente com a presença do Bispo Dom Sérgio Aparecido Colombo, alguns padres das comunidades, os coordenadores dos grupos e familiares.
O encontro tem como objetivo realizar um trabalho vocacional, nesta pastoral de maior número na Diocese e que envolve todas as idades.
Tivemos como tema: “Maria disse sim”. E a partir desse, desenvolvemos toda a preparação do encontro, que teve como abertura a encenação do “Anúncio a Maria”, seguida de algumas reflexões sobre as ocasiões que encontramos também nós para dizer o nosso SIM cotidiano.
Depois de uma calorosa acolhida e animação, celebramos juntos a Santa Missa, presidida pelo bispo, concelebrada pelos padres e a presença dos seminaristas. Em diversos momentos, o bispo deu um significativo enfoque vocacional, despertando interesse e entusiasmo nas crianças, adolescentes e jovens quando partilhou sobre a sua história vocacional.
Na parte da tarde dividimos os grupos por faixa etária e os mesmos em diversos subgrupos, com uma equipe composta por diversas irmãs, seminaristas e leigos, preparados para desenvolver os temas de acordo com as idades, através de dinâmicas, músicas, encenação, pintura e desenhos. Nós Irmãs ficamos com o grupo dos 120 coroinhas menores, e tivemos a graça de fazer uma belíssima experiência de Deus com estes, que manifestavam satisfação e alegria em participar do encontro e conhecer mais sobre vocação.
Para finalizar o dia tivemos um momento de Hora Santa, rezando pelas vocações e pedindo mais operários para a Messe. Era impressionante ver o fervor dos participantes diante de Jesus Eucarístico, através das orações, cada um do seu jeito...
Para nós Irmãs é uma oportunidade de conhecer estas novas realidades que vão surgindo e de estar entre elas evangelizando. É uma experiência marcante e enriquecedora.
As junioristas da comunidade de Atibaia


Ler mais ...

Uma comunidade que abre as portas aos jovens

No dia 12 de novembro, aconteceu na nossa comunidade dedicada a Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Atibaia – Brasil, um belíssimo encontro vocacional.
Acolhemos seis jovens que se dispuseram a passar o dia conosco para vivenciarem uma experiência nova em suas vidas.
Depois de uma descontraída acolhida, as introduzimos em dinâmicas integradoras e de aproximação.
Foi proposto um tema provocativo, no qual cada uma foi convidada a tomar consciência da “sede” que carrega em si.
Durante o momento de Hora Santa, propusemos para a meditação o texto da Samaritana (Jo 4,1-42.) As jovens vivenciaram um momento orante significativo, orientadas por algumas questões que convidavam a refletir sobre o quanto o Evangelho é atual na nossa vida. Para encerrar, realizamos a partilha das ressonâncias interiores.
Para melhor expressar esta experiência, as jovens receberam um vaso de argila para colorir, expressando com as cores, as suas buscas e respostas encontradas na adoração.
Para uma maior conscientização sobre a vocação cristã, as jovens viram o filme de Santa Bárbara e depois conversamos sobre ele.
Todas finalizaram o encontro radiantes, com o desejo de aprofundar a caminhada e de discernir a propria vocação. O grupo realmente participou bem, mostrando busca e entrega sincera em todos os momentos propostos.
A Deus, nossa gratidão por nos usar como simples instrumentos no processo de Anúncio da Sua Palavra e do Seu Chamado a cada jovem, que foi por Ele criado a partir de um Projeto de amor!

A comunidade de Atibaia
Ler mais ...

Dias de alegria em Myanmar

Dia 18 de março de 2018, esplêndido dia de sol e de alegria. Durante a celebração das vésperas, 6 novas aspirantes: Agnese, Christopher, Martha, Angela, Veronica e Pasqualina ingressaram no postulado, iniciando assim o sério caminho de formação. Damos graças ao Senhor por estas jovens que nos deu. Rezemos para que possam conhecer mais profundamente a vontade de Deus e servi-lo com amor.

Dia 19 de março de 2018, iniciamos o dia com a celebração Eucarística presidida pelo bispo Dom Peter Louis e 14 sacerdotes. Durante esta celebração tivemos a alegria de acolher a primeira profissão de duas noviças: irmã Rosy Brigit e Irmã Angelina Nan Aye em nossa Família das Irmãs da Providência. Agradecemos o Senhor que escolheu estas suas esposas, doando-as à Congregação e à Igreja.
Agradecemos também seus familiares que doaram suas filhas para o serviço do Reino de Deus.

Dia 20 de março de 2018 foi mais um dia luminoso pois 5 irmãs: irmã Agnes Om Sein, irmã Clare Aye Ort, irmã Giovanna Sein Pai, irmã Benedet Khin e irmã Mary Htu Bu, celebraram o 25 aniversário de profissão religiosa.
Durante a celebração Eucarística, presidida pelo Bispo Peter Louis com 13 sacerdotes concelebrantes, agradecemos ao Senhor por estes anos de fidelidade alegre no seu seguimento. 
A nossa delegação pede a todas que continuem a rezar por elas, para que possam ser fiéis até o fim, na resposta generosa ao Esposo Jesus.

Ler mais ...

Me conquistaste, Senhor!

No dia 03 de fevereiro de 2019 professei os meus primeiro votos (castidade, pobreza e obediência) na Família Religiosa das Irmãs da Providência - no Brasil.
Dia que O Senhor selou em mim, com uma marca indelével, o Amor... como dizia o canto de entrada:
"Eis que porém certo dia me conquistaste, Senhor, e hoje na Eucaristia venho selar este amor". 
Com um beijo na Cruz disse a Ele: Vou dar minha vida a Ti, e Jesus me falou: FOI EU QUE PRIMEIRO TE AMEI E DEI A VIDA POR VOCÊ.
Foi um momento místico!

Tenho GRATIDÃO a Deus por querer contar comigo na sua missão, no carisma que recebeu São Luiz Scrosoppi.
Me senti muita amada por Deus, através dos pequenos gestos de amor de cada irmã.
OBRIGADA pela unidade nas orações, e continuem a rezar pela minha fidelidade ao meu Divino Esposo Jesus.

                                                                                                     irmã Tamiris
Ler mais ...

Enumere todas as graças...

“Enumere, enumere todas as graças que o Senhor te concedeu...”  P. Luís Scrosoppi

No ano de 2005 foi realizado o primeiro encontro de Junioristas Interprovincial na Bolívia, Província San Luís. Quatorze anos depois, tivemos a graça de novamente vivenciarmos mais um encontro interprovincial no mesmo País. Este aconteceu dos dias 26 de 2019 a 2 de janeiro de 2020. Participaram deste convívio dez Junioristas, sendo três da Província São Luís:
Ir. Noelia Ledezma, Ir. Leonarda Lima (Bolívia) e Ir. Sheron Miranda (Uruguay);
e oito da Provincia Nossa Senhora Aparecida: Ir. Uilma Santos, Ir. Viviane Aparecida, Ir. Crislaine Belolli, Ir. Leiliane Nunes, Ir. Maria das Dores, Ir. Tamiris Souza (Brasil) e Ir. Leonarda Poma (Bolívia)
.
As jovens irmãs foram acompanhadas pela Madre Provincial Matilda Sociu e a Mestra do noviciado Rosangela Silva.
Esses dias de convivência foram marcados por fortes e ricas experiências. Destacamos por primeiro a intensa acolhida de um verdadeiro espírito de família, que nos propiciou uma abertura a um intercâmbio que favoreceu a comunhão de espírito e de coração.
Sentimos fortemente a presença o Espírito que foi-nos conduzindo a momentos de intimidade com Deus, mas também que nos chamava a uma contemplação deste Deus encarnado em nosso irmão. A diversidade nos encantou e percebemos a beleza de nosso carisma, expressa em costumes diferentes, porém em comunhão com os mesmos valores que nos unem.
No início do convívio nos dedicamos ao aprofundamento dos estudos, para aprendermos a ser "irmãs e condiscípulas na escola de Jesus", mantendo uma contínua formação do coração para que nosso ser seja preenchido da presença de Deus e possa transbordá-lo onde Ele mesmo nos envia. Por isso, em cada convívio são propostas apresentações dinâmicas e criativas para facilitar o estudo de um tema especifico de nossa espiritualidade, que é aprofundado por cada uma de nós.
Este ano aprendemos de nossas primeiras madres através dos livros Magistério Educativo e Missão da Enfermeira segundo o Espírito das Irmãs da Provid
ência, tendo como modalidade de estudo a divisão de algumas virtudes presentes nas conferências deste libro:
Escuta e acolhida; Zelo, cuidado e ternura; Disponibilidade; Humildade; Formação do coração; Espírito de sacrifício; Dedicação; Ordem e limpeza; Humildade e encarnação; Preparação do doente para a morte.
Este estudo nos enriqueceram muito em nossa formação, sobretudo para nos dar ânimo a fim de que possamos viver hoje estas virtudes em nossa missão.
A riqueza das partilhas se manifesta na experiência de cada uma, nos apelos de um caminho de santidade e de conversão, no empenho em aprender o que nosso Padre fundador zelava como valores supremos e que, como suas filhas, queremos interiorizar cada vez mais em nosso agir e em nosso coração.
Foi importante para nós a tarde de missão na Vila Potosí, em uma região montanhosa perto de Cochabamba; foi possível contemplar a beleza da diversidade cultural e seus desafios e isso nos ajudou também a perceber o quão importante é a presença de nosso carisma para a missão. Os encontros vividos reavivaram em nós o anseio missionário, o desejo de ser presença encarnada na vida de nossos irmãos empobrecidos de bens materiais, mas, sobretudo carentes de Evangelho.
Com um coração despojado, fomos ao encontro destes nossos irmãos, que nos acolheram como a presença do própro Senhor que ia ao encontro deles. Partilhamos a Palavra de Deus e as orações que fortalecem a noss vida cristã, principalmente a partilha da vida, do seio familiar o qual nos deram a conhecer um pouco da realidade em que vivem. Essa missão sensibilizou o coração de cada uma, confirmando de certa forma, a necessidade de sempre estarmos inseridas em meio a este povo sedento de Deus, amando-os e servindo-os como padre Luís nos ensinou. Esta experiência marcou profundamente o convívio, pois vivemos momentos fortes de espiritualidade e de oração, onde o Senhor nos fez saborear sua presença e nos permitiu também de tocá-lo com nossas próprias mãos na vida desses irmãos.
Os momentos de partilha, de oração, de fraternidade, de missão, de estudo, de reflexão e de lazer foram de fortalecimento espiritual e humano para nossa vida de consagração e para a vivência da interculturalidade entre nós irmãs da Providência.
Agradecemos a Deus e a Família Religiosa por conceder-nos a graça de vivenciar este momento de grande alegria e crescimento, onde pudemos fortalecer os vínculos fraternos e o ardor missionário. Sentimos de enriquecer-nos mutuamente e de acolher o Senhor que se Encarna em cada uma de nossas realidades. Pedimos a Ele que nos conceda a graça do Dom da unidade e da comunhão, que entre nós possa existir sempre esta ponte que nos une e que nos faz ser um só corpo. Expressamos a nossa imensa gratidão por tudo o que foi-nos proporcionado.






Ler mais ...
Assinar este feed RSS